top of page

Think Forward 2024 Global Report e as 5 Tendências que vão dominar as redes sociais.

Atualizado: 8 de jan.


Think Forward 2024 -  Global Report
Think Forward 2024 - Global Report

Acerto de Contas nas Redes Sociais: Uma Nova Era de Criatividade e Comercialização


O Despertar do Nicho Digital


- O Renascimento da Autenticidade nas Redes Sociais

No último ano, vivenciamos uma revolução digital singular. Graças aos algoritmos, usuários foram direcionados para nichos específicos da internet, desde o fascinante mundo do ButterTok até as profundezas do r/LiminalSpace. Esses espaços menores resgataram o que havia de mais puro e criativo nos primórdios das redes sociais, promovendo um retorno às origens não comercializadas do ambiente social online.


2023: O Choque da Realidade Comercial


- A Dissonância entre a Crise de Custo de Vida e a Comercialização Online

2023 começou com um contraste marcante. Enquanto uma crise de custo de vida afetava o mundo offline, direcionando a atenção de todos para suas finanças, o universo online não oferecia um refúgio. Ao invés de espaços livres de interesses comerciais, os usuários se depararam com um cenário dominado pelo lucro. Plataformas vendiam verificações, marcas se aproveitavam de tendências como o goblincore e o verão das rat girls, e os algoritmos priorizavam conteúdo genérico em detrimento da criatividade.


A Revolta Criativa: A Emergência do Desinfluenciador


- Equilibrando Crítica e Consumismo na Era da 'Internet Vendida'

Diante desse cenário, surgiu um movimento revolucionário: o desinfluenciador. Influenciadores começaram a equilibrar crítica e consumismo, desafiando a lógica comercial predominante. Criadores como @2girls1bottl3 e @mattisontwins inovaram ao integrar marcas sutilmente em suas criações. Bobbi Althoff e outros influenciadores mesclaram falsidade e autenticidade, criando um híbrido autoconsciente. Até fenômenos como a Barbiemania demonstraram que as pessoas estão dispostas a aceitar a propaganda, desde que ela coexista com comunidade, criatividade e diversão.


2024: O Julgamento das Marcas na Nova Era Social


- O Equilíbrio Delicado entre Comercialidade e Criatividade

À medida que entramos em 2024, torna-se evidente que nem a comercialidade nem a criatividade podem reinar sozinhas no mundo digital. Os usuários buscam novas formas de autoexpressão genuína em um cenário altamente comercializado. Diferente dos dias idealizados do início da Internet, esta nova era combina capitalismo e criatividade, exigindo que as marcas se adaptem. Em "2024 Social Reckoning", as marcas enfrentarão um julgamento: serão vistas apenas como anunciantes ou como patronos das artes?


A interseção de criatividade e comercialização está redefinindo o tecido das redes sociais, desafiando marcas e usuários a encontrar um novo equilíbrio nesta paisagem digital em constante evolução. A seguir, as 5 tendências que vão domiar as redes sociais em 2024:



1 - Attention Layering


Navegando na Nova Onda de Conteúdo Digital: Entre o Caos e a Calma


O Amanhecer de uma Era de Conteúdo Caótico


- Janeiro de 2023: A Chegada do "Conteúdo Lamacento"

Em janeiro de 2023, o mundo digital foi sacudido por um novo formato de conteúdo: o caótico "conteúdo lamacento". Imagine uma mistura frenética de três vídeos reproduzidos simultaneamente – um programa de TV, um jogo de videogame, e um relaxante vídeo ASMR de areia sendo escavada. Esse amálgama visual e sonoro, embora desconcertante para os mais velhos, era familiar para os jovens nativos do TikTok.


O Pânico Moral e a Reação Geracional


- Millennials e Boomers em Crise; Gerações Z e Alpha Fascinadas

Essa nova forma de conteúdo desencadeou um pânico moral generalizado na internet. Millennials se sentiram ultrapassados, boomers ficaram escandalizados, enquanto as gerações Z e Alpha pareciam imersas em suas múltiplas telas, sem se abalar.


A Evolução do Conteúdo: Do Rápido ao Superficial


- A Luta Pela Atenção na Era Digital

O conteúdo residual representa um passo adiante na tendência de conteúdos mais rápidos, curtos e superficiais, refletindo a diminuição da capacidade de atenção. Marcas e criadores, desesperados para capturar a atenção dos usuários, recorrem a técnicas como edições ultra-rápidas e suspense agressivo. Mesmo grandes sucessos de bilheteria enfrentam o desafio de manter o foco do público, com a Geração Z lutando pelo direito de usar a "segunda tela" nos cinemas.


Uma Mudança de Perspectiva: O Conteúdo Residual


- Rethinking the Battle for Attention

O conteúdo residual se distingue por sua abordagem única. Enquanto todos se perguntam como engajar uma geração cujo estilo de visualização é totalmente diferente, esse formato de tripla exibição traz uma pergunta crucial: como vamos avançar neste jogo de atenção?


Uma Nova Direção na Cultura Digital


- Explorando Modos Alternativos de Atração

Diante do excesso de estímulo, a cultura digital está tomando um rumo diferente. Usuários, criadores e marcas estão experimentando novas maneiras de atrair atenção, afastando-se da hiperestimulação. Isso inclui conteúdo que é tranquilizador, cenas humanas relaxantes, e entretenimento que serve mais como um pano de fundo.


O Motor da Mudança


- Da Economia da Atenção para a Economia da Imersão


NA CULTURA: Geração Alfa e o Novo Comportamento de Consumo

A Geração Alfa, influenciada por pais millennials, está na vanguarda dos novos comportamentos de consumo de conteúdo, equilibrando alta velocidade e hábitos digitais saudáveis.










NAS PLATAFORMAS: O Impacto do Conteúdo Competitivo

Plataformas como TikTok e YouTube intensificaram a necessidade de conteúdo instantâneo e de fácil consumo, mas também estão levando ao limite da "epidemia de atenção".


NA MUDANÇA COMPORTAMENTAL: Foco na Imersão

A tendência está se deslocando para conteúdo que facilita a concentração, como animações em loop lo-fi e vídeos de baixa intervenção, oferecendo uma experiência mais imersiva e menos invasiva.







Encontrando o "Real" e o "Humano" no Digital


- O Fascínio pelo Cotidiano e o Mediano

Em meio a um feed superestimulante, conteúdos que destacam o cotidiano, o mediano e o "humano" estão ganhando destaque. Isso inclui a estética viral de Wes Anderson e séries inovadoras no TikTok, que transformam o ordinário em experiências visuais artísticas.








A Profundidade na Geração Z


- Mergulhando em Paixões e Conhecimento

Contrariando a noção de períodos de atenção curtos, a Geração Z demonstra um interesse crescente por ensaios em vídeo longos e aprofundados, indicando uma sede por aprendizado e entretenimento envolvente.




O Futuro do Marketing Digital


- Criando Experiências de Calma e Concentração

Marcas como a Nissan estão explorando novas formas de engajamento, como parcerias com criadores de conteúdo relaxante, para proporcionar momentos de calma e concentração aos consumidores.





- Novos Formatos de Atenção e Narrativas Alternativas

Experimentos com formatos inovadores e narrativas alternativas, como a campanha da Paramount para "Mean Girls" e a parceria da Disney/Pixar com a NFL, mostram como as marcas estão se adaptando aos novos padrões de consumo de conteúdo.



A evolução do conteúdo digital está influenciando o comportamento dos consumidores e como marcas e criadores estão se adaptando para manter a relevância em um mundo em constante mudança.






2 - Pós-representação


Repensando a Representação: Além dos Estereótipos na Era Moderna


A Evolução da Represntação na Cultura Pop



- Da "Mulher Independente" ao Renascimento da Beyoncé

Revisite a era do Destiny's Child, onde uma música como "Independent Women" fez de Beyoncé um ícone feminista. Avançando para 2023, vemos o foco de Beyoncé se voltar para a comunidade Queer Negra, trabalhando com artistas como Big Freedia e Honey Dijon. Essa mudança reflete um aprofundamento na forma como as histórias específicas e complexas são contadas, diferindo da abordagem mais simplista do passado.



O Paradigma Atual da Representação


- O Complexo Tecido da Experiência Queer Negra

Hoje, a representação exige uma narrativa que reconheça as muitas facetas e visões contrastantes da experiência Queer Negra. Isso desafia a ideia de uma única história representativa, evidenciando um movimento para além da simples visibilidade.


Representação vs. Realidade


- O Impacto Limitado da Representação na Cultura Pop e Corporativa

A representação sozinha não é suficiente. Exemplos como Lizzo e a Copa do Mundo Feminina ilustram como a representação positiva em grandes palcos nem sempre se traduz em mudanças reais ou respeito. Casos como Budweiser e Dylan Mulvaney revelam as complexidades e limitações da representação na mídia e na publicidade.


Uma Nova Abordagem para a Construção de Identidade e Autoexpressão


- Mudança de Representação Ativa para Passiva

Pessoas e comunidades estão adotando uma abordagem mais passiva para a representação, buscando explorar suas identidades sem a necessidade de exibi-las explicitamente. Esse movimento reflete uma preferência por narrativas que complicam a representação ao invés de simplificá-la.


Reescrevendo as Regras de Engajamento com as Marcas


- Buscando Autenticidade e Complexidade

Comunidades e marcas estão colaborando de maneiras que reconhecem a riqueza da originalidade e complexidade dentro desses grupos. Isso implica em ir além da representação superficial para contar histórias mais autênticas e matizadas.


Casos de Estudo: Explorando Novos Caminhos na Representação


- Exemplos Práticos de Abordagens Inovadoras






1 - Viés Embutido e Identidades Multifacetadas: Aliyah Bah e a tendência de altpoc e blackalt no TikTok desafiam as noções tradicionais de representação, destacando identidades racializadas e subculturais misturadas.












2 - Explorando a Identidade nas Redes Sociais: Espaços como r/AskBlackGirls e r/AskTransgender no Reddit exemplificam como as comunidades online estão explorando identidades de maneira exploratória e anônima, em vez de se concentrar na representação explícita.








3 - Além da Representação Intencional:

A parceria de Ford e Dickies com Sydney Sweeney e o filtro AR "The unfiled history tour" da Vice World para o British Museum são exemplos de como as marcas podem desafiar as narrativas estereotipadas e promover uma compreensão mais profunda da identidade.









4 - Ajudando a Explorar a Identidade: A Apple, com seu anúncio “The Greatest”, mostra como a tecnologia pode criar espaços para pessoas com deficiências explorarem vários aspectos de suas identidades, indo além da simples representação.



A representação na cultura pop e na publicidade está evoluindo, destacando a necessidade de abordagens mais complexas e autênticas que reflitam a riqueza das experiências humanas. Marcas e criadores podem trabalhar juntos para contar histórias que ressoem verdadeiramente com seu público.



3 - A Internet Offline


Navegando entre o Mundo Físico e o Digital: A Nova Realidade do Social


Introdução: A Fusão dos Mundos Online e Offline


- O Fenômeno PinkyDoll e a Emergência dos NPCs na Vida Real

Desde o final de 2023, o estranho fenômeno dos NPCs (personagens não-jogadores) invadiu o mundo real, com usuários e influenciadores imitando personagens de jogos em ambientes cotidianos. PinkyDoll, um femme-bot virtual, se tornou um exemplo emblemático dessa tendência, destacando como o físico e o digital estão cada vez mais interligados.


O Desvanecimento da Linha entre Real e Virtual


- A Realidade Como um Meme Vivo

Eventos offline começaram a emular elementos da cultura digital. Desde shows de Drake com efeitos AR até festas temáticas baseadas em memes, o mundo físico está se transformando em uma extensão da vida online, diluindo as fronteiras entre os dois.


O Novo Social: Interação Além das Telas


- Conectando Comunidades Online e Offline

Nesta nova era, a interação entre os mundos online e offline não é apenas aceita, mas esperada. As comunidades digitais estão influenciando as relações interpessoais no mundo real, e a criatividade é alimentada por essa mistura de realidade e ficção.


Realidades Desfocadas e Uso Moderado da Internet


- O Equilíbrio entre o Online e o Offline

A ascensão do conteúdo gerado por IA e a expansão do metaverso mostram que a cultura digital não é mais confinada.



Paralelamente, há uma tendência de uso mais moderado da internet, especialmente entre a Geração Alpha, que busca um equilíbrio saudável entre atividades online e offline.


Construindo Comunidades Offline a Partir de Nichos Online







- Do Virtual para o Encontro Pessoal


Usuários estão utilizando os nichos online para criar encontros pessoais e comunidades no mundo real. Exemplo disso são eventos como o Perpetual Stew hangout, onde fãs de uma piada no TikTok se reúnem fisicamente.








Influenciadores Reduzindo a Barreira com Seguidores


- Viagens e Experiências Compartilhadas

Plataformas como TrovaTrip estão possibilitando que influenciadores e seus seguidores compartilhem experiências de viagem, rompendo a barreira tradicional entre eles e criando momentos autênticos juntos.









Criatividade na Interseção de IRL e URL


- Misturando Realidade e Ficção

Artistas e usuários comuns estão explorando a linha tênue entre fato e ficção para criar conteúdo inovador. Exemplos incluem a performance de Drake integrando filtros de AR e a popularidade de vídeos que mostram pessoas agindo como personagens de videogame.







Integrando Códigos Digitais em Estratégias de Marca







- Campanhas Inovadoras e Engajamento de Audiência

Marcas como Amazon e DASH estão utilizando elementos da cultura digital para criar campanhas que ressoam tanto no mundo online quanto no offline, humanizando momentos virais e contando histórias inesperadas.









Entretenimento Moldado pelo Público de Streaming


- Novos Formatos de Eventos Esportivos

A Rei e a Rainha League, criada por Iker Casillas e Gerard Piqué, é um exemplo de como eventos esportivos estão incorporando elementos da experiência online, como comentários de streamers, para engajar um público acostumado com o digital.



A crescente fusão dos mundos físico e digital, destacando como essa interação está remodelando a forma como interagimos, nos expressamos e experimentamos tanto a cultura quanto o entretenimento. Ele também examina como as marcas podem se adaptar e prosperar nessa nova realidade híbrida.



4 - Everyday Fandom


"Barbie: De Brinquedo a Fenômeno Cultural" – A Ascensão do Fandom no Entretenimento


A Reinvenção da Barbie no Cinema


- Da Ideia ao Sucesso Bilionário

Anunciado pela primeira vez em 2016, o filme da Barbie gerou desconfiança inicial, mas desafiou as expectativas, arrecadando mais de US$ 1,4 bilhão. A chave para seu sucesso não foi apenas um roteiro ousado e uma trilha sonora envolvente, mas uma inteligente cooptação da cultura de fãs, transformando o filme em um fenômeno cultural.


Aproveitando a Cultura de Fãs para o Sucesso Comercial


- O Marketing Genial por Trás de Barbie

O marketing de Barbie foi estrategicamente projetado para gerar e alimentar um fandom em massa. Isso incluiu desde modelos de memes prontos para uso até mercadorias temáticas, incentivando os espectadores a participar ativamente da cultura stan relacionada ao filme.


O Verão de 2023: A Era do Fandom






- Taylor Swift, Beyoncé e Harry Styles Redefinem o Comportamento de Fãs

O verão de 2023 marcou um ponto de virada na adoção, compartilhamento e normalização de comportamentos de fãs anteriormente considerados extremos. Turnês mundiais esgotadas de grandes estrelas da música exemplificam essa mudança cultural.








Fandom Como Resposta ao Isolamento e Necessidade de Conexão


- Encontrando Alegria e Pertencimento na Paixão Coletiva

Depois de longos períodos de isolamento social e com o aumento do custo de vida, as pessoas procuram maximizar suas experiências, desde se vestir em homenagem a artistas favoritos até criar arte de fãs. Isso reflete uma busca por conexão e pertencimento.


A Era dos Fandoms: Borrando as Linhas Entre Fã e Não-Fã


- O Impacto da Internet na Expressão de Paixões

A internet transformou a maneira como expressamos nossas paixões, promovendo um senso de comunidade entre fãs e não fãs. Agora, a linha entre fã e não-fã está cada vez mais borrada, à medida que todos se envolvem em comportamentos de fãs.


O Declínio da Monocultura e o Surgimento de Plataformas de Nicho


- Reconstruindo a Conexão Através do Fandom

A fragmentação da cultura do entretenimento resultou em menos pontos de contato cultural compartilhados. No entanto, o fandom emergiu como uma solução para esse isolamento social, agindo como um catalisador para conversas e reconstruindo um senso de conexão.


Inclusão e Reimaginação no Fandom


- Ampliando a Representatividade e Criatividade

Exemplos como a reimaginação do universo Harry Potter através da perspectiva das HBCUs mostram como os fandoms estão se tornando mais inclusivos e criativos, permitindo que usuários anteriormente marginalizados se posicionem de forma proeminente em mundos fictícios.






O Futuro do Fandom: Mais Saudável e Participativo


- Mudança de Tom na Cultura Jovem

Houve uma mudança notável para um tom mais saudável na cultura jovem, com uma preferência por conteúdo que facilite conexões amplas por serem acolhedores e compreensíveis. Isso é evidente em eventos como concertos e na expansão global de webtoons coreanos.





Afirmando a Propriedade Digital e Modernizando IPs







- A Revolução do Conteúdo Vertical no TikTok

Criadores estão reinventando clássicos do cinema para a tela vertical, utilizando IA para preencher e reformatar cenas, gerando uma resposta emocional intensa nas redes sociais e destacando a demanda por adaptações modernas de filmes favoritos.








Construindo Conexões através de Fandoms Adjacentes


- Estratégias de Engajamento Inovadoras das Marcas

Marcas como IKEA estão explorando fenômenos culturais como o anime para estabelecer conexões significativas com a próxima geração. Essa abordagem mostra como as marcas podem se integrar nas vidas dos consumidores ao aproveitar fandoms adjacentes.




Trazendo o Fandom Fictício para o Mundo Real








- Parcerias Autênticas e Experiências Imersivas

Exemplos de parcerias autênticas incluem a Apple TV transformando os biscoitos de "Ted Lasso" em realidade e a colaboração entre "Top Boy" e o clube de futebol Hackney Wick, demonstrando como as marcas podem estender o fandom fictício para experiências da vida real.








Mobilizando Comportamentos de Fãs de Marca


- Campanhas Criativas e Engajamento do Consumidor

Campanhas como “Saucemerica” da Heinz mostram como as marcas podem mobilizar tanto fãs quanto novos adeptos, criando experiências de marca que incentivam a participação e o engajamento do consumidor.



A ascensão e a evolução dos fandoms na cultura contemporânea, destacando como eles estão moldando as experiências de entretenimento, comunicação de marca e engajamento do consumidor. Ele também analisa como as marcas podem navegar e se beneficiar deste cenário em constante mudança.



5 - Modo de travessura online


"A Era da Travessura Online: Como a Internet Está Redefinindo as Regras do Jogo"


A Transformação do Twitter em uma Sala de Aula Indisciplinada


- Elon Musk e o Caos no Twitter

Quando Elon Musk assumiu o Twitter em 2022, prometendo transformar a plataforma em um bastião da liberdade de expressão, ele se deparou com um cenário de travessura generalizada. De ações da Eli Valley caindo por conta de imitadores verificados a violações nas Notas Comunitárias, o Twitter se tornou um terreno fértil para a desordem online.


A Experiência da Internet: De Espaço Criativo a Campo de Batalha Comercial


- O Esgotamento da Internet Original

As mídias sociais revolucionaram a maneira como nos conectamos e comunicamos, mas o que começou como um espaço para diversão e criatividade se tornou um campo de batalha dominado por marcas e corporações. A comercialização exagerada drenou a espontaneidade e autenticidade das redes sociais.


Emergência de Uma Contra-Tendência: A Travessura Digital


- Nativos Digitais Desafiando o Status Quo

No meio da homogeneização comercial das mídias sociais, uma contra-tendência está emergindo: os nativos digitais estão abraçando a travessura e desafiando as estruturas comerciais que dominam as plataformas online.


A Diversão Rebelde na Web: De Conteúdo Imitador a Energia Desavergonhada


- O Renascimento da Criatividade Desafiadora

A internet está testemunhando um ressurgimento do conteúdo rebelde e desafiador. Exemplos vão desde imitações enganosas, como o Papa em uma jaqueta Balenciaga, até conteúdos que exploram energia lúdica e irrestrita.


A Geração Z e a Alergia à Sinceridade


- Buscando Originalidade em um Mundo Mercantilizado

A Geração Z, filhos da Geração X, possui uma tendência natural contra a sinceridade. Eles estão explorando novas formas de originalidade, desafiando as normas de uma cultura de internet cada vez mais mercantilizada.


Rejeição à Monotonia e Normalidade


- Criando Narrativas Perturbadoras e Surreais

Os usuários estão se afastando da normalidade, preferindo conteúdos surreais e narrativas perturbadoras. Exemplos incluem a popularidade de séries como Skibidi Toilets no YouTube, que atraem uma base de fãs jovem e fervorosa.


Criadores Inovadores Desafiando as Normas


- Novos Estilos de Influência e Conteúdo

Influenciadores estão redefinindo as regras, adotando estilos de entrevista desajeitados e promovendo conteúdo que torna as pessoas menos confortáveis, em contraste com as práticas sutis de venda.


Aproveitando a Energia 'Delulu' para Relacionabilidade









- A Ascensão de Criadores Desavergonhados e Inconscientes

A internet está se afastando de conteúdos excessivamente cultivados e comerciais, com um aumento na popularidade de criadores que rejeitam essa cultura, abraçando a desavergonhada energia 'delulu'.








Jogando com a Realidade: Estratégias para Marcas






- Marcas Inovando com Técnicas Criativas

Marcas como Jacquemus e Maybelline estão utilizando técnicas criativas que brincam com a realidade, sinalizando uma compreensão da cultura lúdica e rebelde da internet.











Desafiar Comportamentos Convencionais na Sua Categoria






- Estratégias Únicas para Destacar Produtos

Exemplos de estratégias únicas incluem a Olaplex ensinando a internet com uma campanha de influenciadores falsa, desafiando práticas comerciais convencionais e destacando seus produtos de maneira criativa.











Incentivando Comportamentos Lúdicos na Sua Marca








- Promovendo Engajamento Através da Criatividade

Marcas estão incentivando comportamentos lúdicos em torno de seus produtos, como a Ring com sua campanha de captura de extraterrestres, incentivando a criatividade e o engajamento dos consumidores.









A travessura digital está redefinindo as regras do jogo na internet, destacando a crescente tendência de nativos digitais desafiando o status quo e rejeitando a normalidade em busca de autenticidade e criatividade. Ele também explora como as marcas podem se adaptar a essa nova era de travessura online para se destacar e envolver seus públicos de maneira significativa.



Navegando pelas Transformações Digitais e Tendências Culturais


Ao longo desta série de artigos, exploramos uma ampla gama de tendências e transformações no mundo digital e cultural. Desde a ascensão do fandom na indústria do entretenimento, exemplificada pelo sucesso estrondoso do filme da Barbie, até a crescente cultura de travessura online, observada no Twitter pós-Elon Musk, está claro que estamos testemunhando uma era de mudanças significativas na forma como interagimos e nos expressamos na internet.


Para aqueles interessados em aprofundar-se nestas análises e explorar mais sobre estas tendências dinâmicas, recomendo visitar o site Think Forward da We Are Social. Este recurso oferece insights valiosos e detalhados sobre as tendências emergentes no mundo digital e cultural.


Além disso, é importante destacar a Amper como uma das agências líderes na América Latina em planejamento e estudos de tendências. Se você busca estratégias inovadoras e insights profundos para posicionar sua marca de maneira eficaz no atual cenário digital, a Amper representa uma escolha excepcional. Seu compromisso em entender e antecipar tendências os torna um parceiro ideal para empresas que procuram se destacar em um mundo digital em constante evolução.


Ao compreender essas tendências e colaborar com agências especializadas como a Amper, marcas podem navegar com sucesso na paisagem digital em constante mudança, criando estratégias de marketing que ressoam autenticamente com seu público.


158 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page