top of page

Marketing B2B em tempos de recessão: lutar, fugir ou focar?

Atualizado: 28 de jun. de 2023

Vivemos em um mundo cada vez mais volátil, e as recessões econômicas podem causar impactos significativos em diversos setores. No entanto, quando se trata de marketing B2B (business-to-business), é fundamental adotar a estratégia correta para enfrentar esses desafios. Neste artigo, discutiremos as melhores abordagens para o marketing B2B durante uma recessão, com base no texto "B2B Marketing in a Recession: Fight, Flight, or Focus?" do Velocity Partners.

Marketing B2B em tempos de recessão: lutar, fugir ou focar?
Marketing B2B em tempos de recessão: lutar, fugir ou focar?


O panorama do marketing B2B em tempos de recessão


As recessões econômicas afetam diretamente o comportamento dos consumidores e das empresas. É importante compreender que a resposta a uma recessão não é única, e diferentes estratégias podem ser adotadas. O marketing B2B não pode simplesmente "fugir" e esperar que as coisas melhorem. É necessário identificar o melhor caminho a seguir.

  1. Lutar: investir em marketing para superar a recessão Em vez de reduzir drasticamente os investimentos em marketing durante uma recessão, é possível adotar uma abordagem mais estratégica. Investir em marketing pode ser uma maneira eficaz de superar a crise e conquistar uma vantagem competitiva. É importante destacar que, durante uma recessão, as empresas que mantêm seus investimentos em marketing podem se posicionar melhor quando a economia se recuperar.

  2. Fugir: reduzir gastos e minimizar riscos Outra estratégia comum em tempos de recessão é reduzir os gastos e minimizar riscos. No entanto, essa abordagem pode ter consequências negativas no longo prazo. Enquanto cortar gastos supérfluos é recomendado, é fundamental manter um equilíbrio entre a redução de custos e a manutenção da presença de marketing. Abrir mão de estratégias de marketing pode levar a uma perda de visibilidade e à redução da base de clientes.

  3. Focar: identificar nichos e oportunidades Em tempos de recessão, é essencial identificar nichos de mercado e oportunidades que possam ser exploradas. Ao segmentar estrategicamente os esforços de marketing para atender a esses nichos, as empresas podem maximizar seus recursos e obter resultados mais efetivos. Ao identificar as necessidades específicas dos clientes e adaptar as estratégias de marketing, é possível alcançar um público-alvo mais engajado e potencialmente mais disposto a investir, mesmo durante uma recessão.

Durante uma recessão, investir em marketing pode ser uma estratégia poderosa para superar a crise. Reduzir gastos é uma prática comum durante uma recessão, mas é preciso cautela para não perder visibilidade e clientes. Identificar nichos de mercado e oportunidades pode abrir portas para o sucesso mesmo em tempos difíceis.

Enfrentar uma recessão exige do marketing B2B uma abordagem estratégica. Em vez de se render ao medo e à incerteza, é importante avaliar cuidadosamente as opções disponíveis. Investir em marketing, reduzir gastos com prudência e focar em nichos de mercado são abordagens fundamentais para superar a recessão e obter vantagens competitivas. Ao adotar essas estratégias, as empresas estarão preparadas para enfrentar os desafios e se destacar em tempos econômicos adversos.



Estratégias para superar a recessão: Avaliando opções e obtendo vantagens competitivas


Em tempos de recessão econômica, é fácil cair no medo e na incerteza. No entanto, em vez de se render a essas emoções, é fundamental avaliar cuidadosamente as opções disponíveis. Neste artigo, discutiremos estratégias eficazes para enfrentar a recessão, investindo em marketing, reduzindo gastos com prudência e focando em nichos de mercado. Essas abordagens podem ajudar as empresas a superar os desafios, obter vantagens competitivas e prosperar mesmo em tempos difíceis.


Avaliar cuidadosamente as opções disponíveis:

Durante uma recessão, é crucial analisar as diferentes opções disponíveis antes de tomar decisões estratégicas. Em vez de entrar em pânico e tomar medidas precipitadas, é importante fazer uma análise abrangente do cenário econômico, das tendências do mercado e do comportamento do cliente. Com base nessa avaliação, as empresas podem identificar oportunidades e planejar suas estratégias de forma mais informada e eficaz.


Como fazer?

  • Realizar análises de mercado e pesquisas de mercado para entender as tendências e as necessidades dos clientes.

  • Avaliar a saúde financeira da empresa e identificar áreas de melhoria e oportunidades de redução de custos.

  • Analisar a concorrência e identificar possíveis vantagens competitivas.

  • Estabelecer metas e indicadores-chave de desempenho (KPIs) para medir o progresso e o sucesso das estratégias implementadas.



Investir em marketing:

Embora possa parecer contra-intuitivo, investir em marketing durante uma recessão pode ser uma estratégia poderosa. Enquanto outras empresas reduzem seus investimentos em marketing, aquelas que mantêm sua presença e comunicação com os clientes podem se destacar e ganhar vantagem competitiva. É importante adaptar as estratégias de marketing para atender às necessidades e preocupações dos clientes durante a recessão, fornecendo soluções relevantes e demonstrando valor.


Como fazer?

  • Realocar recursos de marketing para estratégias online e digitais, como marketing de conteúdo, mídias sociais, e-mail marketing e anúncios online.

  • Segmentar os esforços de marketing para atingir os clientes mais propensos a comprar durante a recessão.

  • Oferecer promoções, descontos ou pacotes especiais para incentivar a demanda e aumentar as vendas.

  • Realizar webinars, workshops ou eventos virtuais para educar e envolver os clientes, demonstrando o valor dos produtos ou serviços oferecidos.


Reduzir gastos com prudência:

Embora seja necessário reduzir gastos durante uma recessão, é importante fazê-lo com prudência. Em vez de realizar cortes indiscriminados em todas as áreas, as empresas devem identificar os gastos supérfluos e não essenciais, enquanto preservam os investimentos que podem trazer retorno positivo. Isso requer uma análise minuciosa das despesas e uma priorização inteligente dos recursos. Além disso, é essencial manter um equilíbrio entre a redução de custos e a manutenção da qualidade dos produtos e serviços oferecidos.


Como fazer?

  • Analisar as despesas operacionais e identificar áreas onde é possível reduzir custos, como negociação com fornecedores, renegociação de contratos e otimização de processos.

  • Eliminar ou reduzir investimentos em iniciativas de marketing que não estejam gerando um retorno adequado.

  • Avaliar a eficiência dos processos internos e identificar oportunidades de automação ou terceirização para reduzir custos operacionais.


Focar em nichos de mercado:

Em tempos de recessão, os nichos de mercado podem ser uma fonte valiosa de oportunidades. Ao identificar segmentos específicos que têm necessidades distintas e menos afetadas pela recessão, as empresas podem adaptar suas estratégias de marketing e oferecer soluções direcionadas. Focar nesses nichos permite uma melhor segmentação do público-alvo e um maior engajamento dos clientes potenciais. Dessa forma, é possível maximizar o impacto dos esforços de marketing e obter resultados mais efetivos. Como fazer?

  • Realizar pesquisas de mercado segmentadas para identificar nichos específicos com demanda e necessidades particulares.

  • Personalizar as mensagens de marketing e as campanhas para atender às necessidades dos nichos identificados.

  • Desenvolver parcerias estratégicas com outras empresas ou influenciadores que atendam aos mesmos nichos de mercado.

  • Monitorar de perto as métricas e os resultados das campanhas direcionadas aos nichos, ajustando as estratégias conforme necessário.


Lembrando que cada empresa e setor podem exigir abordagens personalizadas, portanto, é importante adaptar as táticas de acordo com as características e os objetivos específicos do negócio.


TOTVS: Inovação Estratégica e Foco em Nichos para Superar a Recessão

Um caso de sucesso de uma empresa B2B brasileira que conseguiu dar a volta por cima durante uma recessão econômica é a TOTVS, uma das maiores empresas de tecnologia da informação do Brasil.


Durante a crise econômica que afetou o país nos últimos anos, a TOTVS enfrentou desafios significativos em seu setor. No entanto, em vez de se render à recessão, a empresa adotou uma estratégia ousada e inovadora.


A TOTVS reconheceu a importância de se adaptar ao novo cenário econômico e às mudanças no comportamento do consumidor. Ela investiu fortemente em pesquisa e desenvolvimento para criar soluções tecnológicas que atendessem às necessidades específicas do mercado durante a recessão.


Além disso, a empresa adotou uma abordagem de foco em nichos de mercado, identificando setores e indústrias que ainda apresentavam oportunidades de crescimento mesmo durante a crise. A TOTVS adaptou suas soluções e serviços para atender às demandas desses nichos, desenvolvendo soluções personalizadas e estratégias de marketing direcionadas.


Totvs - Segmentação por nichos de mercado.
TOTVS - Segmentação por nichos de mercado.

Ao investir em marketing e comunicação eficazes, a TOTVS conseguiu posicionar-se como uma parceira confiável e inovadora, capaz de fornecer soluções tecnológicas que ajudavam as empresas a otimizar processos, reduzir custos e aumentar a eficiência operacional.


Essas estratégias e ações permitiram que a TOTVS conquistasse novos clientes, expandisse sua base de negócios e se consolidasse como líder no mercado de tecnologia da informação. A empresa demonstrou resiliência e adaptabilidade durante a recessão, aproveitando as oportunidades e superando os desafios.


O caso da TOTVS ilustra como uma empresa B2B brasileira pode dar a volta por cima durante uma recessão, ao adotar uma abordagem estratégica, investir em inovação, segmentar o mercado e fornecer soluções de valor agregado para seus clientes.


Amper: A Agência Especializada em B2B que Reduz Custos de Marketing com Eficiência e Entrega Completa


A Amper é uma agência especializada em B2B que oferece soluções sob medida para reduzir os custos de marketing de empresas. Com uma estrutura enxuta de agência hotshop e uma abordagem de entrega 360, a Amper é capaz de oferecer um modelo de eficiência, fornecendo serviços completos a um baixo custo operacional. Essa combinação única permite que a Amper ofereça soluções de marketing estratégicas e de qualidade, sem comprometer o orçamento. Ao escolher a Amper como parceira, as empresas podem contar com uma agência que prioriza a eficiência, a entrega completa e o máximo retorno sobre o investimento em marketing.

bottom of page